visitar roma
Queres visitar Roma e estás à procura de um roteiro para a tua viagem? Ótimas notícias, porque preparei um roteiro completo com todas as dicas de Roma para partilhar contigo!

Se me acompanhas no instagram (@kika.monteiro), seguiste as postagens e novidades da minha viagem (incrível) de 7 dias a Roma. E é por isso que resolvi escrever este artigo.

Para partilhar as melhores dicas e roteiros de 2, 3, 4 e 5 dias. Se ainda não leste o GUIA COMPLETO SOBRE ROMA, convido-te a fazê-lo.

Nesse guia, além de dicas importantes que deves ter em conta ao visitar Roma, também inclui o roteiro que fiz na minha visita à cidade.

Para além disso, ainda aborda os seguintes temas: como chegar do aeroporto ao centro da cidade, onde comer, dormir, melhores atrações pagas e gratuitas e muito mais. Vamos então descobrir os melhores roteiros para visitar Roma?

Neste artigo sobre Roteiros para Visitar Roma vais ler sobre:

  • Porque deves visitar Roma?
  • Visitar Roma em 2 dias
  • Visitar Roma em 3 dias
  • Visitar Roma em 4 dias
  • Visitar Roma em 5 dias ​

Porque deves Visitar Roma?

Não me canso de dizer que visitar Roma é uma experiência incrível e de grande valor cultural. E a verdade, é que a cidade italiana faz parte do grupo de destinos turísticos mais importantes mundo!

A quantidade de tesouros arquitetónicos e artísticos espalhados pela cidade são de número incalculável.

Ao visitar Roma, senti que tudo era moldado com história e beleza. Senti que a cidade tinha uma essência muito peculiar e que transmitia uma sensação agradável de aconchego e animação.

ponte sisto

Roma não se resume a alguns pontos turísticos conhecidos. Muito pelo contrário. A graça de visitar Roma está, precisamente, em perceber que tudo é uma atração de início a fim.

A beleza está espalhada por toda a cidade. E, isso, é percetível à medida que vais passeando ao longo dos dias.

As ruas, as igrejas (por dentro e por fora), as inúmeras fontes, os obeliscos, os edifícios históricos e as praças são alguns dos exemplos daquilo a que me refiro.

São magnificas atrações turísticas gratuitas! E para além disso, a atmosfera que se vive ao visitar Roma é inesquecível e marcante. Por isso, com toda a certeza, vais-te apaixonar por esta cidade.

Roteiro: Visitar Roma em 2 dias

Este roteiro de 2 dias em Roma começará com os pontos e atrações turísticas mais importantes e que não deves mesmo perder ao visitar a cidade.

Como tens pouco tempo para conhecer a vida italiana, aproveita para te deslocares a pé. Isto vai permitir que desfrutes muito mais a cidade de Roma, enquanto te deslocas até aos pontos de interesse.

E, se vais visitar Roma a sério, TENS mesmo de conhecer muito mais do que as atividades pagas.

Na minha viagem de 7 dias, andei apenas um dia (no último) de autocarro. Já tinha caminhado bastante e conhecido muito da essência de Roma. Vais-te cansar, sim, é verdade. Mas, acredita, vai valer a pena muito o esforço.

Vamos lá então visitar Roma em 2 dias?

1º Dia em Roma: Vaticano e Castelo de Sant’Angelo

Se estás à procura de um roteiro para visitar Roma em 2 dias, provavelmente estás a pensar em viajar durante o fim de semana.

Assim sendo, sugiro que este primeiro dia na cidade (provavelmente sábado) seja dedicado ao Vaticano.

De forma geral, os museus em Itália fecham ao domingo e o Vaticano não é exceção.

Portanto, se queres conhecer esta grande atração Romana sugiro que dediques o teu primeiro dia em Roma (sábado) ao Vaticano.

Vaticano

A minha sugestão é que chegues cedinho à Cidade do Vaticano (9h), de preferência com o bilhete previamente comprado online.

Principalmente, se fores viajar no verão. Em época média/alta, Roma recebe milhões de turistas de todo o mundo e as filas são colossais!

vaticano

Quando entrares no museu do Vaticano aproveita bem o momento, porque é uma visita incrível com muita história para contar em cada corredor e galeria.

São mais de 70.000 pinturas e esculturas, expostas em mais de 54 galerias dentro do museu. É incrível a coleção de artefactos históricos, obras, estátuas e bustos. Vais ficar impressionada!

E como esta visita é longa, porque o vaticano é gigante, não contes sair despachada antes da hora de almoço.

Dicas Vaticano:

  • Compra bilhete antecipadamente online e chega cedo ao vaticano
  • Leva um lanche e água para poderes comer lá dentro do museu. Como a visita é longa convém ires-te alimentando durante o dia.
  • Podes levar equipamento fotográfico e usá-lo. Só há um lugar dentro do museu onde é proibido tirar fotografias e fazer barulho – na Capela Sistina
  • Depois de entrares no museu, não podes sair e voltar a entrar. Portanto, faz a visita completa para aproveitares tudo até ao final

Basílica de S. Pedro

Depois do Vaticano, é obrigatório visitar a Basílica de S. Pedro.

É o edifício mais importante do catolicismo e tem capacidade para receber cerca de 200.000 pessoas! Não há palavras para descrever a grandiosidade deste templo religioso.

E, uma das coisas que mais surpreendem e chamam a atenção é a sua cúpula incrível.

Esta igreja serviu, mais tarde, de inspiração a outras grandes obras como: o St. Paul’s Cathedral em Londres e o Capitólio em Washington.

Visitar a basílica de S. Pedro é, sem dúvida, uma experiência espetacular mesmo para os menos religiosos. Adorei e recomendo!

E a boa noticia é que a entrada é gratuita.

Resumindo, assim que saíres do museu do Vaticano, segue até à Praça de S. Pedro e entra na fila (geralmente grande) para a Basílica. Não percas esta experiência!

visitar roma, vaticano

Se quiseres subir até à cúpula podes fazê-lo mediante a compra de bilhetes. E se o dia estiver bom, lá de cima, conseguirás admirar praticamente toda a cidade de Roma.

A vista é impressionante. No entanto, o percurso pode ser um pouco desconfortável.

Para chegar ao cimo da cúpula podes optar por subir de 2 formas:
• A pé pelas escadas (551 degraus)
• Elevador (320 degraus)Sendo que o último percurso para chegar à cúpula tem de ser feito, obrigatoriamente, pelas escadas (320 degraus). E isto pode ser um pouco desconfortável, porque as escadas são muito inclinadas e estreitas. Só cabe uma pessoa de cada vez.

Preço do bilhete para subida à Cúpula:

Elevador até o terraço e 320 degraus a pé: 8€

Subida a pé (551 degraus): 6€

Dicas Basílica de S. Pedro:

  • A entrada é gratuita
  • A fila normalmente é grande, mas escoa relativamente rápido. Portanto, não percas a oportunidade de passar neste edifício espetacular
  • Podes fotografar

Castelo de Sant’Angelo

Depois da aventura no vaticano e na basílica de S. Pedro, segue caminho pela Via della Conciliazione e visita o Castelo de Sant’Angelo.

Este castelo foi concebido como mausoléu para a família imperial Adriano e está envolvido em inúmeras lendas e histórias misteriosas.

Inclusivamente, uma delas é que, durante a epidemia de peste em Itália, o Arcanjo Miguel terá feito uma aparição neste mesmo local.

Durante a tua visita, terás acesso ao terraço do Castelo de Sant’Angelo que tem uma vista magnífica sobre a cidade de Roma e sobre o Vaticano. É um local lindo e perfeito para tirares fotografias espetaculares!

Dicas Castelo de Sant’Angelo:

  • Aproveita a paisagem do terraço e tira muitas fotografias

Passeia pela Cidade

Se ainda tiveres folego, depois de veres estas atrações, sugiro que faças um passeio pela cidade e que aproveites ao máximo tudo à tua volta.

A cidade é maravilhosa e em cada canto encontras uma atração turística.

Depois do Castelo, atravessa a Ponte de Sant’Angelo sobre o rio Tibre e desfruta das maravilhas ao ar livre.

Podes aproveitar e parar num dos tascos típicos em Itália – os Fornos, e lanchar tranquilamente.

Estes Fornos vendem comida excelente e a preços verdadeiramente atrativos.

Aliás, se quiseres poupar dinheiro em alimentação, estes estabelecimentos podem ser uma ótima estratégia ao visitar Roma.

Mais sugestões sobre onde comer em Roma: lê o artigo Guia Completo sobre Roma.

Dicas de locais (imperdíveis) para visitar durante este passeio:

  • Fontana di Trevi
  • Pantheon
  • Piazza Navona
  • Piazza de Spagna

2º Dia em Roma: Coliseu, Arco de Constantino, Fórum Romano e Monte Palatino

Neste segundo dia, a minha sugestão resume-se ao Coliseu, Arco de Constantino, Monte Palatino e Fórum Romano.

Se tens poucos dias para visitar Roma tenta restringir-te às atrações mais mediáticas da cidade.

Estes três pontos turísticos possuem um elevado grau de proximidade, inclusivamente o Monte Palatino e o Fórum Romano possuem a mesma entrada.

Portanto, para otimizares o teu tempo na cidade, conhece estes três pontos turísticos no mesmo dia.

Coliseu

Novamente, sugiro que marques a tua visita para bem cedo. Como só tens dois dias e este é o último, precisas otimizar o teu dia e visitar Roma tanto quanto possível.

Mais uma vez, não esperes ficar despachada antes da hora de almoço.

E, se comprares o bilhete combinado: Coliseu, Monte Palatino e Fórum Romano, vais ficar até à tarde por conta destas atividades.

coliseu

O Coliseu é um monumento realmente fantástico!

É só a maior e mais famosa representação do Império Romano.

Era neste anfiteatro que ocorriam os maiores combates entre gladiadores e de guerreiros com animais selvagens.

Permitia que cerca de 50.000 pessoas pudessem desfrutar de espetáculos como: exibições de animais exóticos e recreações de batalhas.

Lembras-te dos filmes de gladiadores? Assim que entrares no Coliseu é impossível não te imaginares nesses filmes!

coliseu

Para teres uma ideia, o Coliseu recebe cerca de 6 milhões de visitantes por ano, e é uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.

Mesmo em ruínas, este edifício mantém a sua imponência e é uma das maiores atrações de Roma.

É um símbolo com mais de 2.000 anos de história e com 500 anos de atividade contínua.

Depois dos últimos jogos no século VI, o Coliseu serviu durante décadas como armazém, igreja e castelo da nobreza.

Arco de Constantino

Entre o Coliseu e o Monte Palatino está localizado o grande Arco de Constantino. Uma construção comemorativa da vitória do Imperador Constantino sobre Maxêncio.

É um monumento imponente e detalhado. Vale a pena apreciar e tirar fotografias.

​Fórum Romano

Fórum Romano foi um dos locais mais importantes da Roma antiga. Era aqui que se desenvolvia a vida pública, cultural e económica da cidade.

Para além de todos os pontos de interesse que existem no fórum romano, vale a pena dar atenção: à via Sacra, ao arco do Tito, arco de Severo Sétimo, Templo de Antonino e Faustina, Basílica de Maxêncio e Constantino, a Cúria e à Coluna de Focas.

monte palatino, visitar roma

​Monte Palatino

Monte Palatino é uma das regiões mais antigas de Roma. Fica localizada a 40 metros de altura do Fórum Romano e apresenta uma vista ampla para o Circo Máximo e para a cidade.

Reza a lenda que Roma teve origem aqui, mesmo, no Monte Palatino. E escavações recentes mostraram, precisamente, que já havia habitantes no ano de 1000 a.C. Interessante, não é?

Dicas Coliseu, Fórum Romano e Monte Palatino:

  • Compra bilhete antecipadamente online e chega cedo ao Coliseu (normalmente é o primeiro a ser visitado)
  • Leva um lanche e água principalmente. Nas atrações não há cafés e não vais ter nada para comer. Apenas umas escassas máquinas com águas (caras) dentro do Fórum e Palatino. Portanto, se fores no verão tem muita atenção a esta dica! Leva muita água e alguma coisa para comer (sandes, bolachas)! Como as visitas são longas convém ires-te alimentando durante o dia
  • Podes levar equipamento fotográfico e fotografar tudo

Piazza Venezia

Se ainda tiveres fôlego para mais, segue rumo até à próxima e imperdível paragem – a fantástica Piazza Venezia.

Mas antes disso, vamos ao lanche!

Provavelmente, quando concluíres a tua visita às 3 atrações romanas vais estar com muita fome (mesmo tendo levado lanche).

Portanto, caso saias de lá com fome, sugiro-te que pares no Forno da Milvio.

Descobri este estabelecimento quando saí esfomeada do Coliseu e, sinceramente, soube-me pela vida! ADOREI. Come-se muito bem e os preços são mesmo muito em conta. Fica a dica!

piazza venezia

Então, depois da barriga estar cheia, é altura de mais um pouco de aventura em Roma.

Segue caminho para a Piazza Venezia. Esta praça é uma das mais famosas, e onde se intersetam as principais ruas da cidade de Roma.

São elas: a Via del Corso (rua espetacular) – com destino à Piazza del Popolo e a Via dei Fori Imperiali – com destino ao Coliseu.

Mas, a Piazza Venezia não está sozinha. No mesmo local, em homenagem ao primeiro rei de Itália, permanece o enorme monumento de Vittorio Emanuele II. Foi construído entre os anos de 1855 e 1911 para celebrar a Unificação Italiana.

Junto a esta praça estão ainda atrações como: Palazzo Venezia, Monte Capitolino.

Depois da Piazza Venezia, visita as igrejas que fores encontrando pelo caminho. Existem dezenas pela cidade, por isso, observa-as e faz uma visita ao seu interior.

Vale muito a pena. Não percas essa oportunidade!

Depois da Piazza Venezia visita as igrejas que fores encontrando pelo caminho. Existem dezenas pela cidade, por isso observa-as e faz uma visita ao seu interior. Vale muito a pena. Não percas essa oportunidade!

Visitar Roma em 3 dias

O terceiro dia em Roma será dedicado apenas às atrações gratuitas.

3º Dia em Roma: Atrações Gratuitas no Centro de Roma

Depois de visitares as grandes e populares atrações romanas, vais ter a oportunidade de visitar Roma de uma forma mais descontraída e sem horários.

Podes ir simplesmente ao sabor do vento e do momento. E, acredita, vais deliciar-te com toda a arquitetura e beleza existente à tua volta!

Então, o que recomendo para este dia de visita à cidade são os seguintes pontos:

Campo di Fiori

Todas as manhãs, exceto ao domingo, o Campo di Fiori enche-se com o seu mercado habitual ao ar livre.

Por isso, se conseguires, tenta visitar esta praça no período da manhã (entre as 7h00 e as 13h30).

Este mercado já existe desde 1869 (quando foi transferido da Piazza Navona) e vende variadíssimas coisas, entre elas: flores, frutas e legumes, massas, especiarias, queijos espetaculares, enchidos, presuntos, malas de cortiça, carteiras e muito mais!

Vale a pena passar por lá, porque mesmo não comprando nada é muito animada!

No entanto, apesar deste sítio ser, hoje, alegre e descontraído, já teve um passado negro marcado por execuções públicas.

Entre as quais a do filósofo Giordano Bruno – condenado por heresia pela Inquisição Romana e queimado ali mesmo, no centro da praça.

Em 1881 foi erguida uma estátua, em sua homenagem, que guarda a praça central do Campo di Fiori desde então.

E a verdade é que o Campo di Fiori é a única praça em Roma que não tem uma igreja. Será coincidência?​

Piazza Navona

Bela Piazza Navona!

Impossível visitar Roma e não ficar a conhecer esta magnífica praça romana. Esta piazza, inspirada nos modelos gregos, corresponde exatamente à arena do antigo Estádio Dominicano.

visitar roma

Era utilizado apenas para competições desportivas e acolhia mais de 15.000 espectadores.

Uma das maiores atrações desta praça são as três fontes que aprimoram a paisagem arquitetónica:

  • Fontana del Moro: está localizada no extremo sul da praça. Representa um mouro a lutar com um golfinho, em cima de uma concha, cercado por quatro tritões.
  • Fontana dei Quattro Fiumi:foi construída por Bernini e representa os quatro rios mais importantes da época. O rio Nilo, Danúbio, Ganges e o Prata.
  • Fontana del Nettuno: está localizada no extremo norte da praça e foi construída inicialmente com o objetivo de abastecer os moradores de Campo Marzio com água potável. Mais tarde, foi aprimorada por Antonio della Bitta que criou a estátua de Neptuno a lutar com um polvo. Novamente, anos mais tarde, foram introduzidas as ninfas, os cavalos e os cupidos.

Ao longo da Piazza Navona existem muitos restaurantes com esplanada. Por isso, se te interessar, podes almoçar e desfrutar da atmosfera envolvente da bela praça.

Pantheon

Depois de conheceres a Piazza Navona e as suas três fontes, sugiro que na extremidade norte da praça (depois da Fonte de Nettuno) vires à direita e continues caminho em direção ao Pantheon.

Visitar Roma tem destes encantos, de repente podes encontrar uma atração fantástica pelo caminho.

E o Pantheon é uma delas. É um verdadeiro tesouro histórico, situado a 300 metros da Piazza Navona.

Mas, é na Piazza della Rotonda que se situa o enorme e imponente Pantheon de Roma.

E, acredita, vais ficar impressionada com a construção deste monumento e com o seu enorme pórtico composto por 16 colunas de granito.

É espetacular! Para teres uma noção, este edifício foi reconstruído no ano de 126 a.C. depois de um grave incendio que o destruiu. E hoje, é o templo mais bem conservado de sempre e que permaneceu em uso durante toda a sua história!

coliseu

Mas antes de entrares, senta-te e descansa um pouco na pequena escadaria da Fontana del Pantheon.

Está situada mesmo no centro da praça. Daqui vais poder observar toda a grandiosidade do Pantheon, e ainda tirar umas boas fotografias.

Depois deste breve momento de descanso, entra no edifício e deixa-te encantar por toda a arquitetura milimétrica.

O que surpreende neste templo circular são as suas medidas perfeitas.

Tem exatamente o mesmo diâmetro que a altura (43,30 m). E a cúpula, com o mesmo diâmetro, é maior do que a da Basílica de S. Pedro.

Dicas para o Pantheon:

  • A entrada é gratuita

Horários de funcionamento: De Segunda a Sábado: 9h00 às 19h30 Aos domingos: das 9h00 às 18h00 Feriados: das 9h00 às 13h00 Encerra: 3 dias por ano – 1 de janeiro, 1 de maio e 25 de dezembro.

Fontana di Trevi

Bem, depois de teres conhecido o Pantheon, prepara-te para visitares a MARAVILHOSA Fontana di Trevi. Não há palavras para descrever esta fonte! Vais perceber isso assim que a vires.

É fantástico estar a passear na rua e, de repente, começar a ouvir o som das águas a cair. É a maior e mais bonita Fonte da cidade de Roma!

Tem 20 m de largura e 26 de altura. Estás a imaginar o colosso?

fontana di trevi

Fontana di Trevi tem tanto de encantada como de mitológica.

A tradição é que jogues uma moeda (de costas para a fonte) e peças um desejo.

Por isso, não deixes escapar esta oportunidade!

Dica para a Fontana di Trevi

  • Se tiveres muita vontade de tirar uma fotografia sem pessoas à tua volta ou de observar a fonte mais calmamente, visita-a depois numa manhã bem cedo.
  • À noite a fonte também é fantástica, porque fica completamente iluminada.

Eu visitei esta fonte várias vezes!

Via del Corso

Depois da bela e romântica Fontana di Trevi, volta à Via del Corso (passaste por lá) e percorre a rua até à Piazza del Popolo.

Como já referi, a Via del Corso é uma das principais ruas da cidade e ótima para quem gosta de compras.

Tem inúmeras lojas de roupa e de sapatos, geladarias e muito mais. É uma via muito animada, portanto vais divertir-te muito por aqui.

Piazza del Popolo

Assim que terminares a Via del Corso, vais entrar na Piazza del Popolo.

É uma praça grande e ampla onde se encontram duas igrejas aparentemente gémeas.

A Basílica di Santa Maria dei Miracoli e Basílica di Santa Maria in Montesanto.

visitar roma, piazza del popolo

No centro da praça, está situado um obelisco egípcio com 24 m de altura dedicado a Ramsés II.

Foi transferido do Circo Máximo para a Piazza del Popolo no ano de 1589.

Esta praça é também um local de encontro de muitos músicos de rua. Portanto, se gostas de música desfruta o momento e diverte-te.

Visitar Roma em 4 dias

4º Dia em Roma: Atrações Gratuitas no Centro de Roma​ (continuação)

Piazza di Spagna

Apresento-te a minha piazza favorita e a mais concorrida de Roma. A Piazza di Spagna é encantadora e tem uma atmosfera especial.

Está localizada numa das melhores regiões de Roma. Tem saída para a Via del Corso (rua das lojas) e para a Piazza del Popolo através da Via del Babuino.

No centro da praça está localizada uma fonte fantástica – a Fontana della Barcaccia.

piazza di spagna

Esta praça tem um ambiente mesmo agradável. Aqui as pessoas juntam-se e sentam-se na grande escadaria para conviverem e ouvirem música de rua. Tanto de dia como de noite.

Subindo a escadaria, tens acesso a uma vista espetacular (principalmente à noite) para toda a praça e cidade. No cimo vais encontrar a igreja de Trinitá dei Monti.

Piazza Barberini

Depois de passares pela Piazza di Spagna e de Trinità dei Monti, segue pela Via Sistina em direção à Piazza Barberini.

No centro desta praça vais encontrar mais uma fonte – a Fontana del Tritone.

Obra barroca esculpida por Bernini em 1643.

A fonte representa o Tritão (personagem da mitologia grega) apoiado em quatro peixes grandes e a beber água por uma concha.

É uma das obras notáveis do escultor Bernini.

Piazza della Repubblica

Depois de Barberini faz um passeio por Roma até à Piazza della Repubblica.

Aqui vais encontrar uma praça gigante com mais uma fonte no centro – a Fontana delle Naiadi.

Em torno estão localizados edifícios imponentes e uma igreja de aspeto simples, mas muito rica por dentro.

igreja de Santa Maria degli Angeli e dei Martini.

Não deixes de entrar e contemplar mais uma das centenas de igrejas existentes na cidade.

Basílica Papale di Santa Maria Maggiore

Continua a visitar Roma, mas agora em direção à Basílica Papale di Santa Maria Maggiore.

Foi a primeira igreja ocidental dedicada a Maria em honra de Jesus Cristo e é uma das quatro maiores basílicas de Roma.

No seu interior encontrarás uma arquitetura da era clássica de tradição romana.

Os mosaicos são autênticas obras de arte paleocristãs e alguns traduzem as representações mais antigas da Virgem Maria.

Vale muito a pena visitar esta igreja!

5º Dia em Roma: Trastevere

Se te deslocaste a pé durante a tua visita a Roma (como eu), neste dia, já estás estafada. Mas, com toda a certeza, ficaste a conhecer bem a cidade.

Reserva este dia para fazeres uma caminhada calma à beira-rio, conheceres mais algumas pontes sobre o rio Tibre e, finalmente, para passeares e jantares em Trastevere.

visitar roma, trastevere

Este bairro italiano é o melhor sítio para comeres na cidade!

Ao contrário de alguns restaurantes no centro, os que estão localizados no bairro de Trastevere apresentam boa comida e um preço justo.

Aqui vais encontrar imensa vida noturna, italianos e muitos restaurantes. É um bairro muito acolhedor com cores giras, bem decorado e iluminado.

Durante a tarde aproveita também para revisitares os locais que mais gostaste de conhecer e para comeres mais um gelado!

Estes roteiros para visitar Roma foram criados para que consigas ver todas as atrações e para que consigas aprofundar, cada vez mais, a tua visita ao longo dos dias.

Podes alterar sugestões mediante o local onde fiques hospedada. Espero que te sejam úteis!

Planeia a tua próxima viagem

Quando planeias a tua viagem através dos links disponibilizados no blog, estás a ajudar e a incentivar o wander life a continuar a sua viagem pela criação de conteúdo útil e de qualidade. Não gastas mais por isso e ajudas o blog a manter-se ativo. 

GOSTASTE DO POST? GUARDA O PIN PARA LERES MAIS TARDE! ↡↡
O que visitar em Valencia

QUERES VIAJAR MAIS E MELHOR?

 

Subscreve a minha Newsletter e recebe todas as sugestões de viagens, dicas e roteiros criativos no teu e-mail.

Recebi o teu pedido de subscrição. Por favor, confirma o registo no e-mail que te enviei agora. Obrigada!

Pin It on Pinterest

Share This