Começo por dizer que Miranda do Douro foi dos lugares em Portugal que mais me surpreendeu pela grandiosidade paisagística, hospitalidade e cultura. É uma terra que seduz os visitantes pela sua amabilidade, orgulho local, história e paisagens impactantes.

Sem dúvida, um Douro histórico e que toca a alma de quem o conhece, ou não estivéssemos nós em pleno território do Douro Internacional.

Portanto, se estás a pensar visitar Trás-os-Montes, em particular o concelho de Miranda do Douro, então só posso dar-te força e reforçar a ideia de que não te vais arrepender desta viagem única!​

largo-principal-miranda-do-douro

Além da história, Miranda é folia, animação e música. Porque, aqui a cultura funde-se com o lazer e as pessoas têm orgulho das suas origens e tradições. E o mais bonito, é que os mirandeses são um povo muito alegre e com uma hospitalidade fora de série, acredita. Só encontre simpatia e boa disposição!

Por isso, tenho a certeza de que vais viver uma autêntica experiência cultural, gastronómica, paisagística e, ainda, linguística. Sim, porque, Miranda do Douro possui uma língua oficial própria – o Mirandês. Dialeto que sobreviveu durante centenas de anos ao isolamento, e que em 1999 alcançou o estatuto de segunda língua oficial em Portugal.

miradouro-barragem-miranda-do-douro

Ou seja, como vês, há muita coisa para descobrires sobre o concelho de Miranda. E, neste artigo, vais ter oportunidade de ficar a par de todos os pormenores sobre esta região. Vais encontrar todas as curiosidades, fotografias maravilhosas. E vais descobrir tudo o que podes visitar em Miranda do Douro, o que comer e muito mais!

Aventura-te pelas terras de Miranda do Douro, e tenho a certeza de que não te vais arrepender desta aventura!

Como Chegar a Miranda do Douro

Miranda do Douro pertence ao distrito de Bragança e está localizada num espigão que domina a margem direita do rio Douro, no troço internacional que separa Portugal de Espanha.

É um Douro com paisagens colossais e que impacta todos os corações do mundo, não tenhas dúvidas. Eu rendi-me a todas estas paisagens e ainda sinto nostalgia só de pensar nos momentos únicos que passei envolvida nesta natureza e cultura da região.

miranda do douro

A forma mais fácil e cómoda de chegar até Miranda do Douro é de carro, seja de carro próprio ou alugado. Porque, embora a estrada tenha muito bons acessos, os expressos (autocarros) demoram muitas horas de viagem. De Lisboa, conta com mais 7h de viagem!

De carro, a viagem é muito mais rápida e por isso mais cómoda de se fazer. Como referi, o caminho até ao concelho mais oriental do Norte de Portugal tem bons acessos e ainda podes contar com paisagens deliciosas!

Como cheguei a Miranda do Douro um pouco depois do crepúsculo, tive a oportunidade de ver um dos pores do sol mais inspiradores de sempre! Por isso, já sabes, a aventura começa logo à chegada.

  • Porto: pela autoestrada, do Porto a Miranda do Douro são cerca de 258 km (2h40m).
  • Lisboa: pela autoestrada, de Lisboa a Miranda do Douro são cerca de 507 km e 4h50 de viagem.
miradouro-centro-historico

Quando Visitar Miranda do Douro?

Miranda do Douro tem um clima de verão muito rigoroso, seco e curto, e o inverno é longo, húmido e muito frio. Portanto, para descobrires a cultura e gastronomia da região qualquer altura é adequada para visitares.

No entanto, se, além disso, quiseres explorar as paisagens fenomenais, a vida selvagem e toda a aventura que Miranda do Douro proporciona, então sugiro que visites durante a primavera ou verão!

Eu visitei em julho e adorei, porque consegui ver muitas espécies de aves e ainda fazer kayak no rio Douro. Mas, sobre isso vou falar mais à frente. Por isso, fica atenta!

As festas e romarias do concelho de Miranda do Douro, são também um ponto interessante onde se misturam a tradição e modernidade. Por isso, deixo-te aqui indicação de algumas festividades da região:

  • Semana da Cultura Mirandesa – em meados de julho
  • Festa de Santa Bárbara Antenor (Ronda das Adegas) – 15 a 18 agosto
  • Festival Ibérico da Natureza (ObservArribas) – fim de maio
  • Festival de Gastronomia e Artesanato: Sabores de Miranda – meio de fevereiro
  • Bola Doce e Produtos da Terra – fim de março
  • “Eu vou a Miranda ver os Pauliteiros” – todos os sábados do mês de julho (pelas 15h30)

Acompanha a agenda anual de Miranda do Douro, são muito ativos e fazem inúmeros eventos para cativar os visitantes e para dar a conhecer cada vez mais a história e cultura de Miranda. Por isso, fica atenta a todas as atividades e experiências que podes desfrutar. Basta consultares esta páginas para ficares a saber os melhores eventos.

miranda do douro

Onde dormir em Miranda do Douro?

Existem muito boas opções de alojamento em Miranda do Douro, seja no centro da cidade ou nas aldeias mais próximas.

Deixo aqui algumas recomendações, mas se quiseres conhecer o alojamento onde fiquei hospedada, então lê o artigo “A Minha Experiência Alojamento no Puial l Douro”.

hoteis-miranda

Puial de l Douro: está localizada na Aldeia Nova, a 5 km do centro de Miranda do Douro. É de gestão particular e tem ótimas condições. Estacionamento, piscina, zona de chill-out no exterior e tem pequeno-almoço incluído. Pontuação Booking 9,5 (Excecional).

Casas Campo Cimo da Quinta: fica localizado em Pena Branca a 5 km de Miranda do Douro. É uma quinta rural fantástica que proporciona um ambiente muito agradável e descontraído. Tem piscina, animais da quinta e disponibiliza pequeno-almoço incluído. Pontuação Booking 9,1 (Soberbo).

Quinta de la Barandica: o alojamento localiza-se em Malhadas a 6,2 km do centro da cidade. Apresenta uma área exterior agradável com piscina e corte de ténis. Pontuação Booking 9,3 (Soberbo).

Melhores Hotéis em Miranda do Douro

O que fazer em Miranda do Douro

Centro Histórico

A visita ao centro histórico de Miranda do Douro é fundamental, e vai permitir-te conheceres um pouco da sua beleza e história. Portanto, o meu conselho é reservares algum tempo para passeares pelas ruas e apreciares todo o encanto desta região.

Acredita, este passeio é uma autêntica viagem no tempo, por isso fica atenta a toda arquitetura e fachadas.

Castelo de Miranda do Douro

O Castelo de Miranda do Douro tem uma história muito curiosa, porque a sua situação atual é de ruína. Ou seja, tem algumas paredes bem conservada, mas não passam disso.

cidade-miranda

Para ficares com uma breve noção histórica, o Castelo de Miranda começou a ser construído em 1286 por ordem de D. Dinis com o objetivo de proteger a população.

Com o passar dos anos e séculos, no sentido de se modernizar e acompanhar as necessidades, a fortaleza gótica foi sofrendo (naturalmente) grandes transformações. Algumas partes do castelo de Miranda do Douro foram mesmo destruídas para dar lugar à instalação de peças de artilharia.

castelo

Até que em maio de 1762, altura em que a praça tentava resistir ao ataque das tropas espanholas, o paiol de munições (com cerca de 1500 arrobas de pólvora) explodiu e arrasou completamente partes importantes do castelo. Partes estas que já não voltaram a ser reconstruídas, por isso é que o castelo de Miranda do Douro apresenta falha de muralhas.

Claro que o castelo sofreu trabalhos de reconstrução, e isso é percetível, mas foram pequenos reparos daquilo que ficou intacto da história. E de certa forma é legítimo, porque marca um acontecimento relevante das terras e cidade de Miranda.

Ou seja, os portugueses tanto quiseram estar à altura e arrecadar mais e mais munição que o paiol acabou por rebentar com o trabalho de séculos de edificação do castelo de Miranda do Douro.

Tudo tem um porquê, e este é bastante curioso!

Catedral de Miranda do Douro

Este é um dos lugares que deve ter paragem obrigatória no centro histórico de Miranda do Douro. É um lugar rico, cheio de história e lendas. Gostei bastante de conhecer, principalmente das lendas!

A Antiga Sé, hoje, Catedral de Miranda está classificada como Monumento Nacional desde 1910. E insere-se especificamente na tipologia de arquitetura religiosa. Portanto, como vês, há muita coisa para descobrires por aqui.

catedral

Com a passagem de Miranda a cidade (1545), surgiu a necessidade da edificação de um novo templo. Até que em 1549, nasceu o projeto de construção da Catedral de Miranda do Douro. E em 1552 iniciaram-se as obras deste monumento sob a direção de Gonçalo Torralva e Miguel de Arruda.

Foi um projeto integrado na tipologia de Sés mandadas construir por D. João III. Assim, como as Sés de Leiria e Portalegre. Sendo que em todas há uma mistura de estilos gótico, renascimento e maneirismo.

Dentro da Catedral, em altar próprio, está a figura do tão querido ‘Menino Jesus da Cartolinha’. É adorado até hoje pelos mirandeses!

Lenda do Menino Jesus da Cartolinha

Devido à localização privilegiada, as muralhas de Miranda sempre foram muito cobiçadas pelos espanhóis. Até que numa dessas invasões, após vários meses de batalha (em que os maiores inimigos da população eram a fome a sede), apareceu um menino ‘milagreiro’.

Conta a lenda, que terá surgido à população de Miranda do Douro um menino que os incitava a resistir aquela invasão. E foi então, que por milagre, o povo renasceu das cinzas da descrença e da fome, e conseguiu ganhar a longa batalha com os invasores espanhóis.

A praça de guerra foi salva!

Depois disso, a população tentou encontrar o menino para o homenagear e honrar. Mas, ele nunca mais apareceu…

Foi então que o povo disse: “Foi um Milagre de Jesus” – do Menino Jesus da Cartolinha.

Museu da Terra de Miranda

O museu fica localizado no largo principal da cidade de Miranda do Douro – o Largo D. João III. E está instalado na antiga Domus Municipalis da cidade (edifício do séc. XVII).

Se gostas de conhecer as regiões um pouco mais a fundo e as suas tradições, então aconselho-te visitares o Museu da Terra de Miranda. Lá vais conhecer um pouco dos costumes, dos trajes, da música tradicional mirandesa, entre muitas outras curiosidades.

ilustraçao-pauliteiros

Eu confesso que me encantei por Miranda do Douro logo à chegada, por isso acho que fez todo o sentido fazer esta visita ao museu. Vais ter oportunidade de ver ilustrações das danças tradicionais dos homens e as Capas de Honra – peça de vestuário tradicional mirandesa.

Capa de Honras Mirandesa

Este traje é uma das grandes marcas e símbolos da região de Miranda. E apesar de muito antiga (com origem provável do séc. IX ou X, na região espanhola de Leão), só foi referenciada como Capa de Honra no séc. XIX.

A capa é feita de lã natural e os processos de fabricação permitem que, no final, se obtenha um pano espesso, irregular e bastante impermeável e térmico.

Precisamente por isso, esta peça começou a ser usada pelos pastores e lavradores de Miranda do Douro com o objetivo de se protegerem dos temporais. Porque, tal como diz o ditado mirandês, nesta região vive-se “nove meses de inverno e três de Inferno”.

Hoje em dia, muito provavelmente, a Capa de Horas já não é utilizada com este objetivo. Mas, continua a ser usada em cerimónias protocolares ou de importância relevante.

O valor desta peça avaliava-se pelo seu feitio e dias que o artesão demorava a fazê-la. As pessoas mais ricas e nobres eram consideradas honradas ao vestir uma capa com mais pormenores e que demorasse mais tempo a fazer.

capa-de-honra

Depois de conhecer o Largo de D. João III e visitar o museu, encontrei a loja – Maria Suzana de Castro – mãe da (também artesã) Sandra Nobre. Foram estas artesãs que confecionaram e ofereceram a Capa de Honras ao Papa Francisco. A loja tem peças lindas (malas, carteiras, roupa, etc.). Além disso, ainda transformam peças antigas em peças atuais e cheias de personalidade.

Outros pontos importantes para conheceres nesta caminhada pelo centro histórico de Miranda do Douro:

  • Largo da Camara Municipal de Miranda do Douro (Largo D. João III)
  • Miradouro da Catedral de Miranda
  • Casa Burguesa
  • Igreja da Misericórdia

Passeio de Kayak no Douro Internacional

Mais uma atividade que adorei fazer em Miranda do Douro. Não há hipótese! Este Douro Internacional mexe com qualquer pessoa, acredita em mim. E, estar dentro do kayak, no meio do rio Douro e olhar pra cima e ver toda aquela imponência à volta, é qualquer coisa de único e maravilhoso!

passeio-kayak-douro-internacional

Só queria ter parado o tempo e ter ficado ali a desfrutar daquele momento pra sempre. E sinceramente, confesso que nem encontro palavras suficientes que possam descrever esta sensação.

Por isso, só posso aconselhar que te aventures nesta experiência!

passeio-kayak

Percurso de S. João das Arribas

Este percurso cheio de riqueza natural dá acesso ao fantástico Miradouro de S. João das Arribas que fica na Aldeia Nova. Aldeia localizada a 7 km da cidade de Miranda do Douro.

Como fiquei hospedada na Aldeia Nova, desloquei-me muito rapidamente até ao início do trilho de S. João das Arribas. O percurso tem 3,2 km e permite conhecer muito da paisagem do Planalto Mirandês, os lameiros, pombais e matos com grande diversidade vegetal e animal.

percurso-sao-joao-arribas

Adorei este percurso e, principalmente, do acompanhamento do Pedro da empresa turística Pula Canhada. Se tivesse feito este percurso sem acompanhamento não teria sido a mesma coisa. E não tinha tido a oportunidade de ver as espécies de aves mais de perto através dos binóculos.

Ao longo do percurso, o Pedro foi explicando todos os pontos importantes e identificando as espécies de aves presentes.

kayak miranda do douro

O percurso termina junto à capela de S. João das Arribas, num miradouro com uma paisagem única sobre o canhão fluvial do Douro. E foi aqui que vimos ainda mais aves a planar junto destas arribas. Uma melodia natural perfeita perfeita!

Já ouviste falar na Águia Real, Abutre-do-Egipto, Águia de Bonelli ou grifos? Pois é, são algumas das aves que podes ter oportunidade de ver no magnífico Parque do Douro Internacional.

kayak miranda do douro
Dica: além do miradouro que está em frente à Capela, existe um outro lugar com uma vista fantástica. Fica num caminho curto por trás da Capela.

Extensão: 3,2 km

Época Recomendável: Primavera/Verão

Grau de Dificuldade: reduzido

kayak miranda do douro

Dicas para a tua viagem a Miranda

  • Se fores visitar tudo por conta própria, recomendo que vás ao Posto de Turismo de Miranda do Douro. Fica localizado mesmo no centro da cidade, não há que enganar. E muito provavelmente, vais ser recebida pelo Domingos. Mais uma pessoa extraordinária que conheci em Miranda.
  • Visita todos os Miradouros maravilhosos que existem próximos da cidade de Miranda. Além do de S. João das Arribas, existem outros tanto ou mais impactantes.
  • Se visitares no mês de julho tens a oportunidade de ver e ouvir o Grupo de Pauliteiros de Miranda. Como referi anteriormente, todos os sábados eles dão o ar da graça pelo centro histórico de Miranda do Douro. Vestem-se a rigor e saem à rua para animar e a tocar. Isto é uma forma de levar a música tradicional da região às pessoas. Achei muito charmoso e encantador a música e a origem.
pauliteiros

O que Comer em Miranda do Douro

Miranda do Douro é um lugar onde se come bem e com gosto. Tem pratos típicos muito bons que atraem muitos visitantes todos os anos. Há fartura de condimentos, vegetais, doçaria e carnes autóctones.

Práticos Típicos da Região de Miranda

  • A Posta Mirandesa (carne de vitela) é um dos pratos principais desta de Miranda do Douro. E o mais curioso é que há produções certificadas desta carne. Ou seja, a criação dos animais obedece a um grande cuidado e controlo.
  • A alheira é um dos enchidos típicos cujos principais ingredientes são normalmente a carne de aves, pão, azeite, banha, alho e colorau.
  • Cordeiro Mirandês (raça Churra Galega Mirandesa) tem uma carne rosada e extremamente tenra e suculenta de aspeto marmoreado. É também um dos pratos típicos da região e que chama muitos apreciadores desta carne.
  • A Bola Doce Mirandesa, pelo que percebi, terá sido inventada pelos mais antigos. Depois de amassarem o pão e já nos fornos comunitários separavam um pouco de massa e juntavam mais alguns ingredientes para fazerem a bola doce. Eu provei e achei uma delícia. Muito bom!
restaurantes

​3 Restaurantes em Miranda que posso sugerir

  • Posso afirmar que comi sempre produtos de grande qualidade e muito bem servidos. Por isso, vou deixar aqui recomendado apenas os restaurantes que mais gostei em Miranda do Douro:
  • Mirandês, a Dora (dona do restaurante) foi extraordinária e serviu-nos divinalmente com as receitas típicas e autorais do seu filho, Chef Marcelo. Simpatia, descontração e boa gastronomia é o que podes encontrar por aqui. Além disso, tem uma ótima relação qualidade/preço. Portanto, se quiseres provar os verdadeiros sabores de Miranda do Douro já sabes, experimenta visitar o Mirandês.
  • Restaurante Miradouro, sem dúvida, uma ótima escolha. Tem carne certificada e é um sítio muito agradável. Chama-se miradouro, porque tem mesmo um miradouro onde podes desfrutar da vista.
  • S. Pedro, um restaurante bastante grande e agradável situado mesmo no centro histórico. Tem boa comida de muita qualidade.
restaurantes
restaurantes
restaurantes

Organiza a tua próxima viagem:

Pesquisa os melhores voos com a kiwi ou Lufthansa. Se queres encontrar as melhores soluções de alojamento procura em: Booking, Hostelworld

As melhores atividades, pacotes de viagem ou rent-a-car são com a Logitravel que oferece uma vasta gama de soluções. Inclusivamente, o rent-a-car da Logitravel é muito competitivo.

Caso precises, contrata um bom seguro de viagem com: a iatiseguros (usufrui de 5% de desconto) ou com a worldnomads. Estes são os melhores e mais especializados seguros de viagem que podes encontrar.

Para as desfrutares das melhores atividades turísticas em viagem pesquisa na: Civitatis ou GetYourGuide.

Queres descobrir todos os recursos de viagem?

Quando planeias a tua viagem através dos links disponibilizados no blog, estás a ajudar e a incentivar o Wander Life a continuar a sua viagem pela criação de conteúdo útil e de qualidade. Não gastas mais por isso e ajudas o blog a manter-se ativo 🙂

GOSTASTE DO POST? GUARDA O PIN PARA LERES MAIS TARDE! ↡↡

QUERES VIAJAR MAIS E MELHOR?

 

Subscreve a minha Newsletter e recebe todas as sugestões de viagens, dicas e roteiros criativos no teu e-mail.

Recebi o teu pedido de subscrição. Por favor, confirma o registo no e-mail que te enviei agora. Obrigada!

Pin It on Pinterest

Share This