O conceito de turismo sustentável nada mais é do que uma forma de viajar e explorar novos destinos, tendo em conta o respeito pelas culturas, pessoas e meio-ambiente.

A tecnologia consegue gerar impacto a muitos níveis. E, ao contrário do que acontecia antigamente, hoje as pessoas rapidamente encontram os seus destinos de sonho, planeiam e reservam os seus voos e alojamento. Tudo num piscar de olhos. Já não existe uma obrigatoriedade de se deslocarem a uma agência de turismo para marcarem férias, e economicamente as viagens tornaram-se mais acessíveis a todos. Difundiram-se, assim, outras formas de viajar.

E isto é espetacular, porque permitiu o acesso a uma liberdade que, até então, não estava tão acessível ou até mesmo consciente. Viajar é uma forma de libertação, é explorar os sonhos e o desconhecido, é enriquecimento do intelecto.

No entanto, para além de todos os seus aspetos positivos, o turismo também tem o seu lado escuro. Pois é, pode ser altamente prejudicial para o meio-ambiente. Contribui para o aumento dos gases de efeito de estufa. Aumenta a circulação de plásticos descartáveis, e ainda ajuda à exploração dos recursos naturais existentes.

É importante reduzirmos a pegada ecológica
As massas geram impactos a muitos níveis, e nem sempre existe a prática de um turismo sustentável e saudável. E embora não possamos fazer milagres individualmente, podemos adotar medidas que, em conjunto, permitam contribuir para prolongar a beleza e vida na Terra.

Promover a sustentabilidade do turismo, permitirá um futuro próspero para o planeta e para todos os viajantes que continuarão a explorar o mundo.

E é sobre essas medidas que venho falar hoje. Espero que te identifiques com o texto, e, se tiveres vontade, convido-te a deixar um comentário no final do artigo.

10 dicas para te inspirares na prática de turismo sustentável

1. Não desperdices comida

Dizem que “os olhos têm mais que barriga”, mas tenta não praticar esta velha máxima. Serve para o prato apenas a quantidade que normalmente consomes em casa, evitando desperdícios.

2. Apoia a economia local

Dá preferência ao artesanato local, isso vai ajudar a economia da região, e evitar que as grandes superfícies continuem a engordar e a explorar os trabalhadores.

3. Respeita e interage com a comunidade

São as pessoas que compõem a beleza natural de um sítio. Pelas suas características, tradições, formas de pensar, rotinas. Merecem todo o nosso respeito. Portanto, se interagires com os moradores podes conhecer melhor a sua cultura e ainda ter a oportunidade de fazer amigos.

4. Leva uma garrafa reutilizável

É uma regra básica, mas muito importante para praticar turismo sustentável. Claro que não são todos os lugares que permitem o consumo de águas canalizadas (por vezes não é seguro), mas percebo que a maior parte das pessoas não tem presente a reutilização de garrafas. Lembra-te, a garrafa não ocupa praticamente espaço na mala de viagem e ainda te ajuda a poupar uns trocos.

5. Não poluas as cidades/lugares

Temos o dever de manter a beleza natural dos locais por onde passamos. Guarda os restos de lixo que produzires, e descarta quando oportuno em local apropriado.

6. Cuidado com as fotografias

Eu sei que o entusiasmo de apertar o botão da máquina para registar aquele momento único pode ser incontrolável. No entanto, é preciso ter algum cuidado e respeitar as pessoas. Os moradores não são objetos turísticos, são pessoas como nós, e, portanto, merecem ser respeitados. Mais uma vez, interage com eles, mete conversa, faz perguntas, e eventualmente pergunta se podes tirar uma fotografia para recordação.

7. Quando possível usa transportes públicos e não carros/motas alugadas

Para além de evitar a produção de mais gases de efeito de estufa, evita que ocorram acidentes de transito completamente desnecessários e indesejados. Dependo dos lugares para onde possas viajar, existem condutas próprias de transito. São desconhecidas para os turistas, mas não para os moradores. Por isso, se precisares mesmo de um meio de transporte, desloca-te de forma segura e menos poluente.

8. Escolhe um alojamento com práticas sustentáveis

Felizmente as práticas de sustentabilidade nos hotéis têm crescido por todo o mundo, e existem certificações que garantem essa eficiência. É um grande passo na direção de uma prática de turismo sustentável. Os hotéis que seguem padrões internacionais de boas práticas, normalmente apresentam um selo/logotipo de certificação. Isto garante a aplicação de um turismo responsável em termos de impactos ambientais, sociais, económicos e de recursos naturais. Sabias?

9. Voa menos

Evitar aviões pode tornar-se difícil, principalmente se tiveres de atravessar o oceano. Contudo, se fores passear dentro do mesmo país, podes sempre privilegiar outros meios de transporte que não os voos internos. O avião é um meio de transporte bastante poluente. Segundo estimativas, existem cerca de 20.000 aviões por todo o mundo a satisfazerem 3 biliões de passageiros por ano. São muitos gases de efeito de estufa a serem libertados diariamente para a atmosfera, não achas?

10. Não tires fotos com animais selvagens e não te deixes atrair pela exploração animal

Eu compreendo que possa ser altamente aliciante tirar fotografias com animais selvagens ou até mesmo subir e andar de elefante quando se visitam países onde a vida selvagem é muito rica e os elefantes são uma atração.

Contudo, deixa-me dizer-te que, para que tu ou qualquer pessoa possa tirar uma única fotografia com um desses animais selvagens (sejam espécies macacos ou outra) é necessário que esses animais sejam arrancados à força da mãe natureza, e quase sempre envolvendo a morte de toda a sua família.

Sabias que os elefantes que servem de atração turística são maltratados intensivamente? Que são alvo de pancada e força bruta, e que muitas vezes ficam com sequelas graves, não podendo mais regressar à mãe-natureza, mesmo passado por centros de reabilitação animal?

Eu sei que são palavras e cenários chocantes, mas se todos nós passarmos a nossa palavra, o conhecimento chega mais longe e podemos evitar cenários tristes como estes e que mais animais selvagens continuem a ser maltratados e mortos.

Todos juntos podemos fazer melhor, e, adotando pequenos hábitos em viagem, acredito que consigamos ajudar o futuro. Nem sempre é possível abraçar todas as regras ou recomendações sugeridas, mas podemos ficar mais conscientes e tentar melhorar a cada dia as nossas práticas sustentáveis. Fica bem 😊
GOSTASTE DESTE POST? GUARDA O PIN PARA LERES MAIS TARDE! ↡↡
Turismo Sustentável

Pin It on Pinterest

Share This